Otimista para estreia no Paulistão, Egert faz mistério no ataque

Treinador garante XV na busca por vitórias mesmo contra os ‘grandes’

O grande dia para o torcedor quinzista se aproxima. A volta do XV de Piracicaba à elite do futebol paulista após 16 anos acontece no sábado (21), contra o Santos, no Estádio Barão de Serra Negra. Técnico mais novo do Campeonato Paulista, o gaúcho Moisés Egert, de 35 anos, visitou a redação do EP Piracicaba na tarde desta terça-feira (17), e falou sobre a expectativa pela estreia no Paulistão, disse que o Alvinegro merece o momento atual e garantiu que o Nhô Quim vai entrar em todos os jogos para vencer, mesmo contra os temidos “grandes” da Capital.

“Nós merecemos o que estamos vivendo atualmente. Quando eu assumi, em 2010, a história estava toda contra. Nós lutamos, nos empenhamos e estamos colhendo os frutos disso agora, com a volta tão esperanda do XV para a Série A1. Vamos continuar trabalhando agora, como sempre”, disse o técnico, que ainda destacou a atitude da equipe na vitoriosa campanha da Série A2 do Paulista, quando o Nhô Quim conquistou o título contra o Guarani.

O treinador avaliou como “ótima” a pré-temporada de nove dias que o Alvinegro fez em Elói Mendes, no Sul de Minas Gerais. “Nossa equipe cresceu em vários aspectos. A parte tática foi aprimorada, a parte técnica também melhorou. Estamos avançando bem”, garantiu Egert. Ele não foge dos padrões misteriosos da maioria dos treinadores brasileiros e preferiu não revelar o time que começa o jogo contra o Santos.

“A equipe está 80% montada. Quem acompanhou os nossos jogos durante a pré-temporada viu que nós mantemos quase sempre os mesmos jogadores. O que não está definido ainda são algumas posições. Por exemplo, o Savoia chegou e o ataque está indefinido”, explicou o gaúcho.


Expectativa
Questionado sobre as chances e a expectativa do XV de Piracicaba no Campeonato Paulista, Egert foi realista e fez questão de dar sua opinião sobre o futebol. “Futebol não tem receita. Não tem lógica alguma. É um dos únicos esportes que o time que não é favorito pode ir lá e ganhar do time mais forte. Uma coisa eu te garanto: o XV de Piracicaba sempre entra pra vencer, seja contra quem for”, disse.

O técnico também falou sobre as categorias de base do Nhô Quim. A equipe sub-18 do XV foi eliminada ainda na primeira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior, com duas derrotas e um empate. “Eu sei da dificuldade que é manter uma categoria de base. Não é fácil, gera bastante gasto e precisa de muito apoio. Mesmo assim, com esse resultado ruim na Copa São Paulo, nós sabemos que sempre se revela bons jogadores. Temos o Diego, o Renan”, opinou Egert.

Como apreciador de futebol que é, o gaúcho finalizou a conversa arriscando um palpite de quem será o time campeão da Copinha. “Eu acabei vendo pouco jogos esse ano, até porque estávamos em pré-temporada. Vi o Corinthians, Palmeiras, Santos. O que mais joga bonito e mais me agrada é o Santos. Acho que pode ser o campeão esse ano”, concluiu.

Fonte: EPPiracicaba
Publicado por: Eduardo Guidini

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s