Atlético Sorocaba empata com XV de Piracicaba e vê queda mais perto

Galo sai na frente, mas vê Nhô Quim igualar em contra-ataque: 1 a 1

O Atlético Sorocaba precisa de um feito histórico na última rodada para se manter na primeira divisão do Campeonato Paulista: vencer um time grande. Com o empate com o XV de Piracicaba, em 1 a 1, na noite deste sábado, no estádio do CIC, em Sorocaba, o Galo tem que torcer por tropeços de Comercial, Linense e Mogi Mirim e vencer seu único jogo que resta: contra o Corinthians, no Pacaembu.

A rodada final da primeira fase será no próximo domingo, às 16h. O XV, já garantido na Série A1 de 2015, recebe o Comercial, no Barão de Serra Negra, em Piracicaba. O resultado levou o time piracicabano a 18 pontos, perdendo qualquer chance de classificação. Com 11 pontos, o Atlético fica em 18°, colocação ainda insuficiente para manter o Galo na primeira divisão.

O jogo teve um padrão muito parecido com as demais partidas do time de Sorocaba em casa no campeonato: o Atlético pressionando, falhando nas finalizações e dando muito espaço para o adversário contra-atacar. O XV não aproveitou o mau momento do Galo na competição e viu sua dupla de zaga, Rodrigo e Leonardo, sair discutindo entre si.

 

Fez e parou

O Atlético Sorocaba se comportou da única forma que lhe interessava para sobreviver no Paulistão: ofensivamente. O Galo começou dominando as ações no ataque, colocando perigo ao gol piracicabano.

As chances eram criadas, mas o placar só foi aberto quando Leonardo derrubou Anderson Bartola na área, cometendo pênalti, aos 28 do primeiro tempo. O atacante Danilo Alves bateu e converteu para os donos da casa: 1 a 0.

Com o gol, o Atlético diminiu o ritmo e permitiu a chegada do Nhô Quim. O empate piracicabano saiu em contra-ataque fatal. Após cobrança de escanteio a favor do Galo, o XV recuperou a bola e, em troca de passes rápida, Adriano ficou em boas condições para igualar o placar: 1 a 1.

Pressionou, mas não balançou

Precisando dos três pontos, o Atlético foi desesperadamente ao ataque e deu todo espaço para o XV virar o jogo. O time de Piracicaba, no entanto, não aproveitou as claras oportunidades. Aos 11 da etapa final, Adilson recebeu livre na área, teve tempo para escolher o canto, mas chutou muito mal. Por cima. No minuto seguinte, Cafu recebeu lançamento, driblou o goleiro, mas a bola incrivelmente saiu após desvio de Douglas Packer.

O Atlético seguiu sob total risco de levar a virada, mas não abandonou a pressão. Porém, faltava opções ao chegar na área. Com mais tranquilidade, o XV também ameaçava, ainda mais com a facilidade que tinha para passar pela defesa do Galo.

Sem padrão tático, o time sorocabano via nas bolas paradas as melhores oportunidades. Aos 39 do segundo tempo, em falta na entrada da área, Douglas Packer acabou batendo nas mãos de Matheus.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s